Função DCC na S920

O que é? 

Uma funcionalidade do aplicativo Pagamento na S920 que permite que você ofereça ao seu cliente (portador) internacional a possibilidade de pagar com sua moeda de origem. 

Funcionalidades do app:

  • Fazer uma conversão do valor da venda para a moeda do país de origem do banco emissor do portador; 
  • Dar a opção de escolha para o portador de com qual moeda será feito o pagamento; 
  • Fazer a venda na moeda do país de origem do seu cliente. 

Como utilizar: 

Para fazer a transação com conversão algumas regras devem ser cumpridas:

  1. O cartão deve ser emitido por um banco emissor internacional (o banco emissor deve ser de outro país). 
  2. A transação deve ser de crédito à vista ou débito (não pode ser uma transação parcelada). 
  3. A transação não pode ter valor menor que o CVMLimit* do cartão, como por exemplo, uma transação NFC menor que 50 reais. 
  4. Se o portador escolher o pagamento em real, será utilizada a conversão do seu banco emissor. Dessa forma, o banco é quem irá fazer a conversão com suas taxas e expor o valor convertido na fatura do portador. Entretanto, se o pagamento for na sua moeda de origem, o portador utilizará a conversão da adquirente. Dessa forma, a adquirente irá utilizar as suas taxas, que estão exibidas na tela, e é exatamente esse valor que estará na fatura do portador.


OBS*: CVMLimit é uma informação que diz qual é o máximo que um cartão pode transacionar em uma forma de captura sem pedir a senha (NFC, tarja, chip). Ou seja, para fazer a transação por DCC, o portador obrigatoriamente terá que colocar a senha do cartão. Isso só será possível se o valor da transação for maior que o CVMLimit.
 

Como realizar a venda utilizando essa modalidade: 

1. Você deve acessar o aplicativo Pagamento da sua maquinha, clicando na “barra verde com uma casinha branca” na tela inicial. O menu também pode ser acessado apertando a tecla verde do teclado da máquina e posteriormente, clicando no aplicativo "1.Pagamento" ou apertar o número 1 do teclado físico.

Se preferir, você também pode inserir diretamente o cartão do portador na sua maquininha. Nesse caso, em seguida já aparecerão as opções Débito ou Crédito. Caso seja crédito, é necessário selecionar a opção Crédito à vista em seguida.

2. Aparecerá na tela uma calculadora em que você deve digitar o valor da transação.

3. Em seguida, clique em “Pagar” na tela ou no botão verde do teclado físico.

4. Aparecerá uma tela com as opções disponíveis: 

  • Débito;
  • Crédito;
  • Voucher;
  • QR Code.

5. Para ser uma transação com o conversor, você pode selecionar débito ou selecionar crédito, e em seguida a opção à vista.

6. O portador deverá inserir o seu cartão internacional (emissor de outro país).

7. Aparecerá na tela a opção de pagar em real (R$) a transação ou em sua moeda de origem com as seguintes informações:

  • O valor da venda já convertido;
  •  O valor do câmbio (exchange rate);
  • A taxa da conversão (mark-up) que já está incluso no valor total convertido.

8. Para pagar em real, deverá clicar sobre a opção do valor em real ou apertar o número 1 do teclado físico. Para pagar na moeda de origem, deverá clicar sobre a opção do valor convertido ou apertar o número 2 do teclado físico.

9. Posteriormente, é só finalizar a sua compra, digitando a senha.

  •  Se a venda for em real, a filipeta do cliente terá as informações da venda em real;
  • Se a venda for em outra moeda, a via do cliente terá as informações da venda na moeda utilizada.

10. A via da filipeta do lojista não será alterada. Você continuará recebendo o seu dinheiro em real, independente da escolha do portador e no mesmo prazo (se for crédito à vista em 30 dias, podendo antecipar o dinheiro).