CDB

Investimento em Certificado de Depósito Bancário

O que é CDB?    

CDB é a sigla para Certificado de Depósito Bancário. Esse tipo de investimento rende mais que a poupança e é um título de renda fixa emitido por bancos para captar dinheiro com o objetivo de financiar suas atividades de crédito. Na prática, você empresta dinheiro ao banco e recebe uma rentabilidade (juros) por isso.

Vale ressaltar que os CDB são investimentos seguros e de baixo risco. Esse tipo de investimento possui cobertura do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) para depósitos de até R$ 250 mil por CPF.

Um ponto importante é o prazo de resgate (liquidez) desse ativo. Temos opções de CDB com liquidez diária, que você consegue sacar o dinheiro quando precisar. Também temos opções de CDB com resgate na data de vencimento (geralmente, com rentabilidades melhores, mas você só consegue sacar os valores na data de vencimento).

Vale entender também os tipos de investimento em renda fixa:

Pós Fixados: um investimento pós-fixado é aquele que o rendimento exato só é conhecido na data de vencimento. Na prática, esse tipo de ativo é atrelado a algum índice da economia e o seu rendimento varia de acordo com a oscilação desse índice. Os CDBs pós-fixados disponíveis na Stone estão atrelados ao CDI, uma taxa muito próxima à taxa Selic.

Pré Fixado: a rentabilidade é definida no momento da compra. Você sabe exatamente o quanto vai receber no vencimento do título. Se você investir em um CDB que oferece retorno de 10% ao ano, na data de vencimento desse título você vai receber o valor que investiu mais os 10% de juros acordados, subtraídos dos impostos.

Títulos atrelados à inflação: a rentabilidade é composta por uma taxa pré-fixada mais a variação da inflação. Assim, eles garantem que o seu dinheiro vai crescer acima da inflação, preservando seu poder de compra.
 

Investir em CDBs é seguro?

Os CDBs são considerados investimentos seguros. O CDB é um “aplicação menos volátil”, ou seja, ele varia menos que outros ativos, como ações na bolsa de valores, por exemplo. Isso protege o investidor de variações bruscas nos valores investidos.


Garantia do FGC: Os CDBs têm a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que, em caso de falência da instituição emissora, garante a devolução do dinheiro investido até o limite de R$ 250 mil por CPF ou CNPJ.

No entanto, como qualquer investimento, os CDBs também têm riscos. Por exemplo, se você retirar o dinheiro antes da data de vencimento, pode receber menos juros do que o acordado. Além disso, a rentabilidade dos CDBs pode ser afetada por fatores econômicos, como mudanças na taxa Selic ou no CDI, dependendo do tipo de rentabilidade escolhida.


Portanto, é sempre importante pesquisar e considerar suas circunstâncias financeiras individuais ao tomar decisões de investimento. É uma boa prática tentar diversificar o seu portfólio de investimentos, reduzindo riscos da carteira. Se necessário, considere buscar aconselhamento de um consultor financeiro.
 

Como investir em CDB pela Stone?    

Siga o passo a passo:

1. Na tela inicial do aplicativo, toque em Guardar;
2. Em seguida, toque em Quero guardar dinheiro;
3. Escolha a opção de guardar que seja melhor para você;
4. Na tela de guardar, informe o valor que deseja guardar. Em Escolha seu produto, toque em Alterar e e escolha o produto que você quer investir;
5. Em seguida, você vai conferir uma lista de títulos de CDB. Você pode escolher o que for mais adequado para sua necessidade tocando em Selecionar. Fique atento à rentabilidade e prazo de resgate. Se quiser mais informações, basta conferir em Mais detalhes;
6. Após escolher o produto, prossiga até a confirmação de sucesso e pronto. Você acabou de investir no CDB da Stone!
 

O que acontece se o CDB escolhido na regra automática não estiver disponível?    

Ao criar uma regra de guardar automaticamente, se você escolher um produto que não está mais disponível, nós vamos escolher o CDB de melhor rentabilidade com liquidez diária que estiver disponível. Assim, garantimos que o seu dinheiro vai estar disponível caso você precise, entregando o CDB com o melhor rendimento possível nessa condição.
 

Como funciona o vencimento de um CDB?

O vencimento de um CDB é a data em que o banco se compromete a devolver o dinheiro que você investiu, acrescido dos juros acordados. Quando você compra um CDB, você está basicamente emprestando dinheiro ao banco, e ele concorda em devolver esse dinheiro com juros em uma data específica no futuro, que é o vencimento.

 

Como incidem os impostos em investimentos de CDB?    

Existem dois impostos que incidem em investimentos de CDB, o Imposto de Renda (IR) e o Imposto sobre operações financeiras (IOF). Vamos detalhar cada um deles:

Imposto de Renda (IR): o IR é aplicado sobre os rendimentos do CDB e segue uma tabela regressiva. As alíquotas começam em 22,5% e, com o passar do tempo, vão reduzindo até chegar no valor mínimo de 15%, incentivando investimentos de prazos mais longos. A tabela é a seguinte:

Prazo de até 180 dias: alíquota de 22,5%
Prazo de 181 a 360 dias: alíquota de 20%
Prazo de 361 a 720 dias: alíquota de 17,5%
Prazo acima de 720 dias: alíquota de 15%

Imposto sobre Operações Financeiras (IOF): é um imposto federal que só é cobrado se você fizer um resgate antes de 30 dias da aplicação. A alíquota do IOF é regressiva, ou seja, diminui à medida que o tempo de aplicação aumenta e incide apenas sobre o rendimento obtido no período.

Os valores do IR e IOF sobre CDB já são descontados diretamente na fonte, ou seja, a instituição financeira já faz isso para você e cairá na sua conta o valor já descontado.

Lembre-se de que há uma grande diferença entre o rendimento bruto e o rendimento líquido de um investimento. Enquanto o rendimento bruto é aquele que mostra o total que rendeu ao longo do tempo, o rendimento líquido mostra o verdadeiro valor que você receberá na sua conta com o desconto do imposto de renda e outras eventuais taxas.